BLOG

BB Cream: um produto, múltiplos efeitos

O BB Cream (beauty ou blemish balm cream) foi criado na Alemanha, na década de cinquenta ou sessenta, com o objetivo de proteger e disfarçar a pele durante a recuperação de procedimentos estéticos. A partir de então, esta modalidade terapêutica tem crescido e conquistado o mundo, inicialmente o oriente e, recentemente, o ocidente, tornando-se um cosmético muito usado na atualidade.

O motivo de tamanha aceitação foi a sua versatilidade. É um cosmético all in one que combina diferentes efeitos em um único produto, quais sejam: hidratação, proteção solar, controle da oleosidade, uniformização da cor, rejuvenescimento e efeito antioxidante, além de servir como primer e base, cobrindo e amenizando poros dilatados, ruguinhas finas, marcas de acne e outras imperfeições. Ufa! São tantos benefícios que até fica difícil de ler sem tomar fôlego, não? Mas foi essa multifuncionalidade, que promete dar à pele "tudo o que ela necessita", que conquistou o público feminino.

Por outro lado, é necessário dizer que tantos objetivos em um único produto acabam produzindo efeitos limitados. Produtos com um ou poucos ativos, especialmente os medicamentos prescritos por dermatologistas, promovem efeitos mais significativos e não devem ser substituídos. Além do mais, nem todos os BB creams tem todos os ativos. Na verdade, é uma combinação de vários, não todos. Por isso, a escolha deve ser individualizada, procurando aquele que atende as necessidades específicas da pele.

Algumas pessoas já experimentaram e relataram não ter gostado, tanto do efeito imediato, quanto daquele a longo prazo. Isso pode ocorrer por diferentes motivos, começando pela escolha errada/inadequada. Toda vez que alguém usa um produto, ainda que de marca boa, importada ou cara, que não contem o que a pele realmente precisa, não cumprirá o objetivo proposto e a pele continuará sem mostrar benefícios. Esse mesmo produto pode ser ótimo para outra pessoa. Assim, a identificação da combinação certa é vital para a eficácia do BB cream.

Outra justificativa recai sobre a maneira de aplicar. Se os dedos não conseguem atingir a uniformidade desejada, experimente uma esponja macia ou um pincel. Isso pode fazer toda a diferença. Tome o cuidado adicional de tocar a pele (aplicar, espalhar) com suavidade para não ressaltar marcas e rugas. Além disso, não tenha receio de dar um acabamento final com um pó, sempre que julgar necessário.

Essa nova modalidade, que, ao mesmo tempo, maquia e cuida da pele, arrebatou o universo feminino, especialmente mulheres versáteis e polivalentes, muitas vezes reféns da agitação e correria do mundo moderno. São práticos, extremamente cômodos e cumprem a função de proteger, nutrir, hidratar e dar à pele aquela aparência que todas desejam. Você ainda não experimentou? Então não perca mais tempo, pois já se começa a falar de CC creams, com ênfase na correção da cor e, até mesmo, DD creams, mas isso é assunto para uma próxima matéria.